Quem gosta de livros de fantasia e magia sabe como é difícil achar livros empolgantes para ler. Vivemos relendo nossos títulos ou esperando infinitamente pelo lançamento das últimas edições.

Mas será que você já leu ou conhece todos os melhores livros de fantasia já lançados? Para te ajudar a escolher a próxima leitura que realmente vale a pena, selecionei 11 dicas de livros de fantasia que você não pode perder.

Mesmo que seja seu primeiro livro do gênero, tenho certeza que algum você irá gostar. A lista tem os meus livros favoritos e ainda outros títulos muito bem criticados.

Os melhores livros de fantasia medieval e épica

Livros de fantasia não tem uma receita específica. Uns falam de forças malignas com poderes divinos, outros de guerras entre nações, e ainda outras sobre aventuras com diversas raças e magias já conhecidas do nosso imaginário.

O que não falta é um universo para chamar de seu. É por isso que essa lista tem um pouco de ficção científica, medievalismo, magia, dragões e muitos elementos diferentes para você experimentar.

1. O Nome do Vento

Capa do livro O Nome do Vento, de Patrick Rothfuss

Autor: Patrick Rothfuss
Saga: A Crônica do Matador do Rei
Compre na Amazon

Com certeza O Nome do Vento vai como minha fantasia preferida

O livro me prendeu no momento em que a história de Kvothe, o taberneiro, começou a ser contada, com todos os altos e baixos de um personagem nada perfeito.

Durante a história, Kvothe cresce e se torna um homem orgulhoso e audacioso. Ele não é um guerreiro, mas é muito inteligente. Outros personagens, ainda mais misteriosos, são apresentados no livro, como a menina Auri que tem um jeito de pensar bem peculiar.

A forma como a magia funciona nesse livro também é diferente do encontrado em outros livros de fantasia, com suas próprias regras e mistérios. Tudo muito bem pensado em uma narrativa que só vi do próprio Rothfuss. Você pode conferir mais sobre a minha opinião na resenha de O Nome do Vento.

2. Eragon

Capa do livro Eragon, Ciclo Herança, de Christopher Paolini

Autor: Christopher Paolini
Saga: Ciclo A Herança
Compre na Amazon

Esse livro está no meu coração desde a minha infância e foi o que mais me incentivou a ler outros livros do gênero.

Eragon é um livro clássico de fantasia medieval, com elementos inspirados pelo universo de O Senhor dos Anéis. Ele conta a história de um filho adotivo de um fazendeiro que encontra uma joia azul em uma floresta, descobrindo mais tarde que era um ovo de dragão. Quando Saphira nasce, os dois criam um laço único, um laço que só existe entre um dragão e um ser humano.

Você pode esperar magia, uma nova língua, elfos, plot-twist, bruxas e outros seres misteriosos. Um ponto importante a se acrescentar é que definitivamente a narrativa não é perfeita. Algumas partes são lentas e muito descritivas, mas a história e o tema valem muito a pena. Eu conto um pouco mais dos detalhes nesta resenha de Eragon.

3. Mistborn: O Império Final

Capa do livro Mistborn: O Império Final, de Brandon Sanderson

Autor: Brandon Sanderson
Saga: Mistborn: nascidos da Bruma. Primeira Era.
Compre na Amazon

Mistborn é um livro bastante peculiar.

Ele é uma fantasia, mas os poderes desse universo são completamente diferentes do que esperamos. Aqui a absorção de certos metais é que confere, a apenas algumas pessoas específicas, diferentes tipos de habilidades.

E é na exploração de diferentes táticas que essas habilidades permitem que está o verdadeiro ouro dessa história. Todas as lutas são muito bem narradas e além disso o roteiro “sempre tem outro segredo”.

Poderia falar da personagem principal, Vin, uma menina pequena e sozinha que descobre que consegue “dar sorte” para negociações da sua gangue. Poderia falar de Kelsier, um revolucionário que quer acabar com o governo do Senhor Soberano. Mas todos os personagens são extremamente importantes para todas as partes dessa trilogia. Ficou curioso? Confere mais sobre essa história na resenha de O Império Final.

Ou, ainda, se quiser saber mais sobre toda as 4 séries que se passam nesse mesmo universo criado por Brandon Sanderson, conheça nosso post sobre os livros de Mistborn.

4. A Canção do Sangue

Capa do Livro A Canção do Sangue, de Anthony Ryan

Autor: Anthony Ryan
Saga: A Sombra do Corvo
Compre na Amazon

A Canção do Sangue também foi um livro que me impactou positivamente e realmente surpreendeu. Nesse livro, diferente dos outros até então, o personagem principal é um guerreiro e líder nato.

No começo do livro somos apresentados ao Matador do Esperança, um guerreiro condenado a um duelo mortal. Em sua viagem até o local da batalha, ele narra sua história até então, desde o dia que foi entregue pelo seu pai para se tornar um irmão da sexta ordem.

Com um tipo diferente de magia, espere muita guerra e batalhas com espadas e arcos. Para saber mais, leia a resenha de A Canção do Sangue.

5. O Senhor dos Anéis

Capa do livro O Senhor dos Anéis, de J. R. R. Tolkien

Autor: J.R.R. Tolkien
Saga: O Senhor dos Anéis
Compre na Amazon

É impossível falar de fantasia medieval sem falar de J.R.R. Tolkien, o autor que criou muito dos estereótipos do gênero

O Senhor dos Anéis é um clássico, uma aventura que une diversas raças para a destruição do mal. E seu personagem principal dessa história é um pequeno Hobbit, que adora comer e viver tranquilamente, mas que precisa agora, junto com seu amigo, chegar até as montanhas e destruir O Anel.

É um livro de fantasia e aventura bastante denso, com diversas descrições de cenários e explicações paralelas. Outro livro para quem gosta de uma narrativa mais direta é O Hobbit, que é considerado um livro mais fácil para começar nesse universo grandioso de Tolkien – além de seus acontecimentos serem de antes de O Senhor dos Anéis.

Se já leu e quer descobrir ainda mais sobre a terra-média, você também pode seguir a ordem de leitura cronológica dos livros de Tolkien.

6. As Crônicas de Nárnia

Capa do livro As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis

Autor: C.S. Lewis
Saga: As Crônicas de Nárnia
Compre na Amazon

Com uma história entre vida real e animais que falam, essa aventura com certeza ficou marcada na infância de muita gente, inclusive na minha.

Nas crônicas, nós somos apresentados desde a criação do universo de Nárnia, sua conexão com a terra e até suas últimas aventuras.

O volume mais conhecido, O Leão, A Feiticeira e o Guarda Roupa, é um dos títulos que deu início ao filme em 2004. Nele C.S. Lewis nos apresenta aos 4 irmãos que encontram um antigo guarda-roupa na casa de um professor. Dentro do armário descobrem um mundo mágico, com criaturas místicas, em um inverno rigoroso imposto por uma feiticeira má.

O livro tem diversas referências bíblicas, mas não impactam na história contada caso você não seja religioso 🙂

7. A Guerra dos Tronos

Capa do Livro A Guerra dos Tronos, de George R. R. Martin

Autor: George R. R. Martin
Saga: As Crônicas de Gelo e Fogo
Compre na Amazon

Outra série que fica difícil de não falar depois do sucesso da série na HBO. As Crônicas de Gelo e Fogo são realmente ÉPICAS.

Sua história política, seu pouco pudor com os personagens, as cenas que você não espera que aconteçam foi o que gerou essa fanbase toda. Fora as intrigas e mortes, né.

No primeiro livro acompanhamos a história de John Snow, o bastardo enviado para as muralhas e sua família Stark, os Lannisters e seu romance entre irmãos e a verdadeira herdeira do trono, Daenerys, que consegue criar seus novos dragões. Fora todas as outras famílias e suas conexões com esses personagens.

Esse, assim como O Nome do Vento, ainda não tem o livro final lançado – muito menos qualquer data prevista.

8. A Roda do Tempo

Capa do livro O Olho do Mundo, de Robert Jordan

Autor: Robert Jordan
Saga: A Roda do Tempo
Compre na Amazon

Essa série é pouco conhecida aqui no Brasil, mas é considerada por alguns críticos a fantasia mais completa desde O Senhor dos Anéis

A série é tão longa, com 14 livros com suas mais de 500 páginas, que infelizmente o escritor não finalizou a história em vida. Quem finalizou os últimos 3 volumes foi o escritor Brandon Sanderson (o autor de Mistborn), um fã declarado da série.

Com muitas referências místicas diferentes, diversos personagens e muitos detalhes sobre o funcionamento do universo, é o tipo de livro para você mergulhar e experimentar cada detalhe do que é narrado.

O pessoal do leitores vigaristas fez uma resenha completa sobre o livro para você conferir. E a gente escreveu um post sobre a ordem dos livros de A Roda do Tempo e outras curiosidades.

9. Duna

Capa do livro Duna, de Frank Herbert

Autor: Frank Herbert
Saga: Série Duna
Compre na Amazon

Duna é um dos universos de ficção científica mais vendidos no mundo, apesar de não ter penetrado na cultura pop como as sagas O Senhor dos Anéis e Guerra nas Estrelas.

O primeiro livro da série narra a fantástica história de Paul Atreides e a trama intergalática que entrelaça seu destino com o misterioso planeta desértico de Arrakis.

Uma das características mais marcantes do mundo criado por Frank Herbert é o significado de cada coisa: diferente de muitas obras de ficção ou fantasia onde coisas estranhas são criadas apenas para tornar o mundo mais exótico, em Duna você vai se sentir transportado a um universo vivo e impressionante.

A narrativa dinâmica, retratando perspectivas diferentes ao longo da história, torna a leitura bastante cativante – a única parte do livro que requer mais paciência é o começo, pela quantidade de coisas novas para assimilar.

Se você quer conhecer todos os livros dessa saga, dá uma olhada no nosso post sobre a ordem de leitura dos livros de Duna.

10. Jardins da Lua

Capa do livro Jardins da Lua, de Steven Erikson

Autor: Steven Erickson
Saga: O Livro Malazano dos Caídos
Compre na Amazon

Esta é outra fantasia épica com um grande universo, divididos em diversas novelas que contam diferentes histórias em diferentes passagens do tempo. Por isso, é um mundo extremamente complexo, que exige uma certa dose de paciência e curiosidade para o leitor se ambientar.

A série O Livro Malazano dos Caídos, que foi lançado a pouco tempo aqui no Brasil, tem 10 livros, sendo o primeiro chamado Jardins da Lua. A magia e a política desse mundo é revelado aos poucos, como parte dos lados positivos desse livro, já que logo de cara somos apresentados a todo cenário político do que está acontecendo.

O Blog sem Serifa explica porque você deveria dar uma chance pra esse universo.

11. O Poder da Espada

Capa do livro O Poder da Espada, de Joe Abercrombie

Autor: Joe Abercrombie
Saga: A Primeira Lei
Compre na Amazon

Uma verdadeira fantasia medieval, O Poder da Espada já começa em meio a guerra e violência. Sem heróis ou antagonistas claros, cada personagem tem diversas qualidades e defeitos que você vai conhecendo ao longo da narrativa.

O livro conta a história principalmente pela visão de 3 personagens: Logen Nove Dedos, Jezal Dan Luthar e Sand dan Glokta. Tem várias cenas de luta e é bem menos concentrado em magia e mais na trama. É um livro menos clichê do que já estamos acostumados no mundo de livros de fantasia.


Agora você tem 11 opções para começar uma nova aventura de fantasia. Me fala, qual título é o seu preferido? Tem algum livro de fantasia que você curte e que não entrou na lista?

5 comentários

  1. Carlos L Pereira Responder

    O poder da espada é muito bom.
    A canção do sangue é ótima.
    Gosto também de assassins creed, principalmente do livro do Ezio.
    Adorei Spartacus.

    Agora estou sem opção…
    Se alguém puder me ajudar com alguma indicação, fico imensamente agradecido

  2. Eragon é sem dúvidas a saga que eu recomendo pra todo mundo que quer iniciar nesse meio “medieval” da literatura. Li os primeiros 3 livros quando ainda era jovem e o último apenas quando adulto mas recordo das emoções e de como estes livros me fascinaram. Eragon foi um livro que li em menos de uma semana e não estava de férias, simplesmente corria com meu dia pra chegar logo a hora de ler até de madrugada, haha.

    O Poder da Espada foi um livro que comecei sem muita expectativa mas conforme as coisas foram acontecendo, conforme a história foi desenrolando, fui ficando fascinado com a profundidade da personalidade de cada personagem e com a história como um todo. Pra mim, sem dúvidas, o Glokta é o personagem mais fascinante pois é aquele cara do qual você não espera nada e no fim ele não te dá nada mesmo pois ele está pouco se f#dendo pra ti ou pro resto. HAHA

    Fiquei curioso com essas duas sagas: O Livro Malazano dos Caídos e A Roda do Tempo, vou jogar na lista de desejos, hehe (:

    • Com certeza Eragon traz muitas memórias, né? É um livro muito querido para mim e com certeza está nos meus favoritos. Estar lendo-o de novo tem sido muuito bom (por mais que eu não tenha terminado em uma semana, mas em menos de um mês já é bem rápido, vai hahahaha).

      O que definitivamente me atraiu em O Poder da Espada foi esse elemento mais adulto e sério do que nas outras séries. É bom também dar uma variada nesse estilo.

      Já a Roda do Tempo também promete muito. O lado ruim é que tem 14 livros. O lado bom é que a gente não precisa esperar para saber o desfecho, RISOS.

      • Sem dúvidas Eragon traz muitas lembranças!
        Quantas e quantas vezes eu imaginava o que eu teria feito/sentido/acreditado no lugar dele, essa história é foda.
        É, está aceitável o ritmo de leitura, até parece que tu trabalha, cuida da casa e estuda…
        Hahahaha!
        Aqueles momentos em que a gente não culpa os nossos pais por não lerem tanto quanto a gente gostaria que eles lessem né…

        O Poder da Espada é muito REALISTA!
        Isso foi o que mais me encantou, é um livro sem heróis ou vilões, todos ali só querem viver suas vidas da forma que acham melhor. É um livro REALISTA.

        14 f*cking livros… Poderia ter outro nome: Roda da Vida pois vai levar uma vida pra você ler a história completa, haha.

Deixe um comentário